4 de set de 2012

A Grande Empresa: FUTEBOL

Falar do futebol parece fácil aqui no Brasil. A frase "Todo mundo tem um treinador dentro de si" reflete bem de que estamos lidando com uma paixão e idolatria nacional. Pentacampeão mundial, berço de craques e do rei do futebol. Período pré-Copa do Mundo, e no nosso país ainda por cima. Euforia é o que não falta. Mas abro uma questão. Onde está o futebol jogado por amor ao clube que tínhamos alguns anos atrás? Ética? Ou o dinheiro subiu à cabeça?


O futebol é, sim, a maior paixão nacional juntamente com o Carnaval e, por isso, até os jogadores eram torcedores. Jogavam por amor à camisa, eram apaixonados pelo clube pelo qual atuavam. Ficavam para a história. Quem não se recorda de Zico e o Flamengo, Pelé e o Santos, Garrincha e o Botafogo, Alex e o Cruzeiro, Reinaldo e o Atlético, ou até casos mais recentes como Rogério Ceni e o São Paulo, Sócrates e o Corinthians e Marcos com o Palmeiras?

De alguns anos para cá tudo mudou. O respeito e a ética para com o clube que o revelou e que torceu por toda infância acabou. Querem exemplos? Jogador sai do clube declarando amor e dizendo que volta logo, beija o escudo e até chora. Depois de 1 ou 2 anos aparece vestindo a camisa do rival dizendo que é uma honra atuar lá. Podemos até citar um caso real que ocorreu na Europa nesta janela de transferências. Robin Van Persie, atacante holandês artilheiro deixou o Arsenal, clube pelo qual jurou amor eterno, para jogar pelo Manchester United, rival dos Gunners, onde receberia maior salário.


Vamos à outro ponto. Você já deve ter ouvido seu pai ou até mesmo seu avô dizendo que  os jogadores de hoje não tem ética e que mandam no clube se tiverem mínima influência. Pode ser verdade. Hoje, com a extrema profissionalização, salários milionários e fama subindo até a cabeça, tais atletas derrubam técnicos, armam times, escolhem contra quem querem jogar. Em casos mais leves, com medo de se machucar para continuar recebendo com propaganda, entrevistas, entre outros, jogam até mais cautelosos e devagar. Vários são os casos, basta você pesquisar.

Tudo isso faz com que cheguemos à conclusão de que o futebol é o esporte que esteja mais próximo de ser uma mercadoria. Mercadoria não, uma empresa, um negócio. Jogadores sendo vendidos por preços inimagináveis, fazendo marketing e recebendo ainda mais que seus salários absurdos. Camisas, ingressos, cadernos, mochilas, chuteiras, bolas e, ainda mais nesta época de Copa do Mundo em 2014, álbuns de figurinhas oficial da copa e pelúcia do mascote oficial da copa são poucas das inúmeras coisas que fazem dessa paixão nacional uma economia à parte em todo o mundo.


Restam, então, perguntas: Será que o futebol ainda voltará como antigamente, em que o jogador jogará por amor? Até onde a paixão pelo clube pode ir: no peso do bolso ou na satisfação de ver seu nome da história do clube? É com ética que tais jogadores, treinadores, dirigentes e pessoas ligadas ao futebol agem? Bem, não vejo respostas rápidas, mas sim que gerarão uma imensa discussão. E você, caro leitor, tem respostas?

Equipe Futebol Report

1 de set de 2012

CR7? Messi? INIESTA!

Na tarde desta quinta-feira houve a premiação do melhor jogador da UEFA na temporada 2011 / 2012. Muita expectativa rondava tal evento, afinal, pode ser uma prévia do Melhor do Mundo da FIFA em janeiro de 2013. Messi, Cristiano Ronaldo e Iniesta eram os finalistas. Mais que justo, apesar de gostar do futebol do Xavi, Aguero, David Silva, dentre outros.


Você para e pensa "o Messi leva fácil, afinal joga muita bola com o time do Barcelona e foi artilheiro do nacional", ou até mesmo "CR7 é craque! Comandou o Real do título espanhol". Que nada, deu zebra! Iniesta é o melhor jogador da Europa na temporada! Surpresa para muitos! Para outros nem tanto...

Falando um pouco sobre o craque argentino, Messi é um dos maiores jogadores do futebol mundial, sem dúvidas. Levou o Barcelona a vários títulos como a Champions League, Copa do Rei, Campeonato Espanhol, entre outros. Venceu Bola de Ouro na FIFA seguidas vezes, artilheiro por onde jogou. Craque? Fato! O problema é que pelo fato de não ter jogado a Eurocopa e ter perdido o Campeonato Espanhol para o Real Madrid pesou na escolha.


Cristiano Ronaldo também é um gênio da bola. Comandou o Real Madrid de José Mourinho ao título nacional nesta temporada, levou o time às semi-finais da Champions League e liderou a seleção portuguesa na Eurocopa, caindo para a poderosa Espanha (de Iniesta) nos pênaltis. Talvez os jurados ficaram em dúvida se davam o título ao português ou não. A Eurocopa pesou.

Protagonista do seu time ao lado de craques como Xavi, Messi, Villa, Dani Alves e Puyol. Campeão da Copa do Rei, Champions League e Campeonato Espanhol com o Barcelona. Campeão da Eurocopa com a Espanha. É, isso pesou, marcou a carreira do meia habilidoso Andrés Iniesta. O atleta foi peça fundamental no título da fúria e, sem dúvidas, o melhor jogador do campeonato. Assistências e gols fazem o espanhol merecer tal título. Melhor da Europa sim! Talvez seja prerrogativa da Bola de Ouro, mas até lá tem muita água para rolar e muitas atuação dos 3 astros mundiais!

Equipe Futebol Report


28 de ago de 2012

Fim do Primeiro Turno: Surpresas?

Metade do ano embora, fim do primeiro turno do Brasileirão. Muitos jogos de extrema qualidade, destaques individuais, algumas poucas surpresas, craques em campo (nacionais e estrangeiros) e a torcida sempre apaixonada. Favorito? Atlético MG!

Sim! Para mim o Clube Atlético Mineiro é o favorito para o título brasileiro. O Galo de BH, quase rebaixado no Brasileirão do ano passado, é o líder de 2012 com um aproveitamento excepcional de 79,6%, o melhor desde 2003 (pontos corridos). Tem um elenco bom, Ronaldinho Gaúcho, Jô, Bernard, Danilinho, Guilherme, Réver, Victor e Leonardo Silva comandam o time que perdeu apenas 1 partida dentre as 19 jogadas. Diferencial deste time? Calma, defesa sólida e toque de bola, essencial para vencer uma partida...


É claro que falta muito campeonato pela frente e, principalmente, Fluminense e Grêmio podem chegar com tudo na briga pelo título. Com certeza chegarão. O Fluminense tem um elenco muito qualificado, assim como o Grêmio. Mesmo se o título não venha, os 3 primeiros chegarão na Libertadores (pode anotar...)

Falando em Libertadores, vários times chegam para brigar por uma vaguinha. Vasco, São Paulo e Internacional estão chegando com tudo. Cruzeiro, Botafogo, Santos e Corinthians, apesar de alguns problemas, vão lutar também.

Na parte de baixo da tabela temos uma surpresa (podemos dizer duas). O Palmeiras, campeão da Copa do Brasil se encontra na zona da degola. Isso mesmo. O time tem 16 pontos em 59 disputados com um aproveitamento de apenas 28,1%. Felipão terá muito trabalho pela frente pois enfrenta problemas como jogadores machucados, suspensos etc. Mesmo assim, não acredito que o Verdão seja candidato ao rebaixamento.


Em situação de desespero vemos alguns times: Figueirense, Sport e Atlético GO não possuem elencos qualificados e são candidatos sérios ao rebaixamento. Bahia, Portuguesa e Ponte Preta, apesar de algumas boas atuações e vitórias, estão neste miolo com o sinal de alerta.


CRAQUE: Paulinho
DECEPÇÃO: Valdívia
PAREDÃO: Cavalieri
PROMESSA: Bernard
ARTILHEIRO: Luís Fabiano, Vágner Love e Fred (9 gols)
LADRÃO DE BOLAS: Léo SIlva (51)
GARÇOM: Jádson (8 assistências)
FINALIZADOR: Souza - Náutico (43)
MAIS FALTOSO: Denílson (58)
MAIS FALTAS SOFRIDAS: Caio - Figueirense (67)
MAIS PASSES ERRADOS: Ronaldinho (109)
MAIS AMARELOS: Guiñazu e Denílson (8)
MAIS VERMELHOS: A.Conceição, Juan, Henrique e M.Rosário (2)
MAIS VAZADO: Vanderlei (30 gols sofridos)
MAIS PÊNALTIS DEFENDIDOS: Prass (2)
MAIS IMPEDIMENTOS: Roger (26)


Seleção do Primeiro Turno (4-4-2)

GOL - Cavalieri (Fluminense)
LAT - Ayrton (Coritiba)
LAT - Marcos Rocha (Atlético MG)
ZAG - Réver (Atlético MG)
ZAG - Leonardo Silva (Atlético MG)
VOL - Paulinho (Corinthians)
VOL - Souza (Grêmio)
MEI - Juninho (Vasco)
MEI - Bernard (Atlético MG)
ATA - Luís Fabiano (São Paulo)
ATA - Fred (Fluminense)
TÉC - Cuca (Atlético MG)

OBS: Neymar com certeza estaria nesta seleção se tivesse jogado mais jogos. Pela quantidade de partidas, tirei ele da seleção. Nomes como Montillo, Deco, Kieza, Danilo, Rafinha, Ronaldinho, Barcos, Ralf, Nei, Fabrício, Carlinhos, Gum, Werley, Marcelo Grohe, Vágner Love, Elano, Moreno, Jádson, Dedé e Léo Silva e Borges também seriam lembrados.

Equipe Futebol Report

23 de ago de 2012

Seleção: É essa a base de 2014?

Fala galera, estamos de volta sim! Passamos um período fora devido à alguns probleminhas e vamos mudar nossa conduta no blog. Em vez de passarmos um post para cada jogo, contar todos os detalhes dos jogos nacionais e internacionais, mercado da bola e entre outros temas, vamos fazer análises sobre todos esses citados. Textos que analisarão, com a opinião de nossa equipe, a situação de cada tema. Aproveitem!

Depois do fiasco nas Olimpíadas de Londres (fisco sim, uma prata numa competição sem Argentina, Espanha, Alemanha dentre outras seleções favoritas é sim um fiasco), críticas foram feitas ao trabalho de Mano Menezes. Queria começar relembrando a Copa de 2002. Felipão, um técnico de seleção! Sim, ele é o melhor treinador para dirigir o Brasil neste momentos. Conhece o futebol e suas peculiaridades, está atento à tudo. Levou para Japão / Coréia quem estava melhor, os que estavam jogando muita bola. Nossa seleção era, sem dúvidas, a melhor do mundo. Ronaldo, Rivaldo, Roberto Carlos, Cafú, Emerson, Dida, Kaká e Ronaldinho Gaúcho começando a carreira, formavam um grupo fenomenal.


Depois deste Feed-Back vamos à 2012! Pior colocação no ranking da FIFA de todos os tempos, promessa (que não saiu do papel) de reformulação, perder uma Olimpíada para o México (com todo respeito ao bom time deles) numa competição onde o Brasil só pegou baba (Coréia do Sul e Egito são exemplos), ainda assim tem gente que diz que temos um bom time?

Jogadores de qualidade? É claro que temos, basta ver os exemplos de Neymar, Lucas, Oscar, Damião, Marcelo, Daniel Alves, Thiago Silva, dentre outros. E um treinador PARA SELEÇÃO? Não! Essa é a realidade! Mano Menezes está sendo um dos piores técnicos que o Brasil já teve em seu comando! Sim, isso mesmo! Não tem pulso, não sabe comandar uma equipe vencedora, que joga para frente! PRECISAMOS DE MUDANÇAS! Precisamos voltar a ser o Brasil vencedor.

Nesta quinta-feira (23/08), nosso treinador convocou os 22 jogadores que atuarão nos amistosos contra China e África do Sul. Antes dos nomes, uma análise dos adversário! Está brincando né?! Enquanto temos jogaços como Alemanha x Argentina, Itália x Inglaterra e Holanda x Bélgica, nossa seleção enfrenta os homens de olhos puxados e os Sul-Africanos? Isso é amistoso para treinar a seleção para uma Copa do Mundo em casa? Vamos passar vergonha...entenda o porquê abaixo:

GOLEIROS: Diego Alves (Valencia) Cássio (Corinthians) Jefferson (Botafogo)

LATERAIS: Daniel Alves (Barcelona) Marcelo (Real Madrid) Alex Sandro (Porto) Adriano (Barcelona)

ZAGUEIROS: Thiago Silva (PSG) David Luiz (Chelsea) Rever (Atlético-MG) Dedé (Vasco)

VOLANTES: Sandro (Tottenham) Paulinho (Corinthians) Arouca (Santos) Rômulo (Spartak)

MEIAS: Oscar (Chelsea) Lucas (São Paulo) Ramires (Chelsea)

ATACANTES: Leandro Damião (Internacional) Neymar (Santos) Hulk (Porto) Jonas (Valencia)

Deprimente, não? Cássio? Alex Sandro? O goleiro faz 2 partidas boas pelo Corinthians e SÓ PORQUE JOGA NO CORINTHIANS é convocado? Vamos parar de clubismo Mano! Alex Sandro não jogou nada em Londres, ridículo! Não sabe jogar de lateral nem meia! Perdido em campo!

Muitos vão em pedir nomes para serem convocados. Passo vários: Fábio, Diego Cavalieri, Rhodolfo, Nei, Carlinhos, Ralf, Ganso (apesar da má fase), Vágner Love (se manter boa fase), Fred, André, Borges, Rafinha, Danilo, entre outros.

Precisamos de mudanças antes que ocorra um VEXAME na Copa das Confederações e na Copa do Mundo EM CASA! Fora Mano! Muricy Ramalho ou Felipão na Seleção JÁ!

Equipe Futebol Report

19 de jun de 2012

Eurocopa: Inglaterra vence e fica em primeiro. França perde e vai encarar a Espanha

Ucrânia e Inglaterra fizeram o jogo mais importante do dia, mais precisamente, um duelo de fogo, já que quem perdesse estaria fora da competição.

Foi um primeiro tempo meio lento, mas com a Ucrânia bem melhor do que a Inglaterra. Sendo obrigada a vencer de qualquer forma, caso contrário seria eliminada, a seleção da casa contou com o apoio da torcida e essa empolgação contagiou o time inteiro, que foi pra cima do time inglês, criando algumas chances de gol e dominando a seleção inglesa na primeira parte. Inglaterra sentiu a forte pressão exercida pelos donos da casa e se limitaram a defender os avanços do adversário e tentar sair nos contra-ataques. A única chance de gol do time inglês no primeiro tempo foi com Rooney que cabeceou pra fora. Os 60% de posse de bola da seleção ucraniana demonstram a superioridade do time da casa sobre a Inglaterra.

Rooney to the rescue as Ukraine fall short

Rooney decide para os Ingleses

Visto que o esquema adotado na primeira etapa não tinha funcionado, tendo sofrido pressão do adversário, o treinador inglês, Roy Hogdson, tratou de mudar a postura do seu time para o segundo tempo, mesmo sem fazer nenhuma alteração tática. E logo aos 2 minutos do segundo tempo, Gerrard faz uma bela jogada pela direita e cruza na área e após falha do goleiro ucraniano, Rooney completa de cabeça, fazendo 1x0 para os ingleses.

Com a Suécia vencendo seu jogo contra a França, a Inglaterra se viu na liderença do grupo e se livrando de pegar a Espanha já nas quartas de finais. A Ucrânia que estava sendo eliminada com o resultado, ficou ainda mais nervosa no jogo e foi em busca da virada, que era o único resultado que importava no momento e aos 15, o lance mais polêmico do jogo, Milevskiy em posição irregular chuta na saida de Hart e Terry afasta, os Ucranianos reclamam que a bola ultrapassou a linha, mas o juiz nada marca e segue o jogo. Depois a Ucrânia ainda teve mais uma chance, no chute de Konoplyanka aos 28.

Inglaterra após isso, tomou as rédias da partida, fazendo o jogo que mais lhe agradava no momento, que era de segurar a bola no ataque e sair jogando pelos lados. Gerrard e Parker tomando conta do meio e com uma solidez defensiva impressionante, assim terminou o duelo. Inglaterra classificada e Ucrânia eliminada com muita reclamação. Inglaterra agora enfrentará a Itália pelas quartas de finais.


Suécia se despede em grande estilo após vencer a França por 2x0, com um belissimo gol de voleio de Ibrahimovic. França mesmo perdendo o jogo, ainda se classificou, mas em segundo, tendo agora pela frente a Espanha.




Equipe Futebol Report

18 de jun de 2012

Eurocopa: Espanha e Itália se classificam. Croácia é eliminada no grupo C

Croácia e Espanha, um jogo decisivo para ambas as equipes. Croácia que até mesmo empatando, poderia ficar de fora e a Espanha caso perdesse, poderia ficar de fora, mas tudo isso dependendo do resultado da Itália contra a Irlanda.


Navas strikes late to break Croatia resistance

O jogo começou da forma como já é caracteristicos nos jogos da Espanha. O time espanhol começou estudando o adversário, com a posse de bola bastante alta em relação a Croácia, mas sem se arriscar muito no inicio do jogo. Croácia entrou procurando a vitória para não depender de uma vitória irlandesa no outro jogo. Mas quem foi mais ao ataque no primeiro foi a Espanha com seu trio ofensivo formado por Iniesta, David Silva e Fernando Torres chegram várias vezes á frente da área Croata, mas só levaram perigo ao gol croata duas vezes na primeira parte com Iniesta e David Silva em bolas enfiadas pelos habilidosos meias espanhóis.

Segundo tempo volta com a Croácia atacando mais

Jogando nos contra-ataques, o time croata quase marca em uma jogada puxada pelo ótimo Modric que cruzou da direita para Rakitic que exigiu ótima defesa do arqueiro espanhol. Técnico croata viu a possibilidade de vencer o jogo e colocou mais jogadores ofensivos que vinham sendo titulares, são eles Perisic e Jelavic, que melhoraram muito o jogo. Perisic aos 33 quase marcou em um belo chute que exigiu outra boa defesa do Casillas.

Espanha, se sentiu encurralada e tentou jogadas mais incisivas, ao invés de só a troca de passes abtual no meio campo. Jesús Navas, que foi uma aposta do técnico espanhol no segundo tempo entrando no lugar de Fernando Torres que pouco fez, aos 43 Navas recebe bola açucarada de Iniesta e sacramenta a vitória e a classificação da espanha.

Itália também se classifica após bela vitória contra a seleção da Irlanda. Cassano e Balotelli marcam os gols da seleção Italiana. Espanha e Itália esperam seus adversários que sairão dos jogos de amanha no grupo C. Os jogos serão entre a eliminada Suécia x França. E o jogo mais importante do dia: Ucrânia e Inglaterra que será quase um mata-mata, já que a seleção derrotada neste jogo será eliminada e o empate elimina a seleção da casa, Ucrânia.

Equipe Futebol Report

17 de jun de 2012

Eurocopa: Alemanha e Portugal se classificam no grupo B.

Portugal e Holanda, confronto entre duas seleções que se equivalem em todos os sentidos. Holanda que entrou no torneio cercada de expecativas, perdeu as duas primeiras partidas e Portugal com totais olofotes em cima de Cristiano Ronaldo, que não brilhou nas primeiras partidas, entrou em busca da vitória que lhe daria a classificação.

O jogo muito equilibrado e movimentado na primeira etapa

Holanda entrou no jogo com uma escalação totalmente ofensiva, com Van der Vaart no lugar de Van Bommel. Precisando desesperadamente da vitória, foram de vez pra cima, sem medo de se expor, já que não tinha mais nada a perder. Robben como sempre, com sua velocidade e seus dribles caracteristicos pela direita e sempre cortando ao meio, deu certo logo no comecinho do jogo. Em mais uma dessas suas jogadas, ele achou Van der Vaart que acerta um belo chute no canto direito do gol lusitano.

Mas o outro lado tem Cristiano Ronaldo que nos dois jogos anteriores não foi bem, mas não foi por falta de vontade. E mais uma vez ele entrou com fome de jogo e quase empatou o jogo 5 minutos depois em um bom chute da entrada da área. As duas seleções atacando bastante, era um jogo muito franco com lances de perigo para os dois lados. E o empate português veio ainda no primeiro tempo com Cristiano Ronaldo, que recebeu belissimo passe de João Pereira e só teve o trabalho de tirar do goleiro.

Segundo tempo volta ainda mais rápido e com chances de gol para os dois lados. Aos 7 minutos a Holanda assustou em uma cobrança de escanteio e aos 10, em um contra-ataque puxado por Cristiano Ronaldo, Coentrão também quase marca. Holanda perdida no jogo deu espaço para o time português jogar e nos contra-ataques sairam suas melhores jogadas, como no segundo gol de Portugal. Um belissimo contra-ataque que caiu nos pés de Cristiano Ronaldo na grande área, ele driblou o zagueiro, deixando-o no chão e marcou com tranquilidade, fazendo um golaço. Após o gol, a Holanda se perdeu de vez no jogo, só conseguindo criar outra chance de gol com Van der Vaart que acertou outro belo chute de longa distância que bateu na trave.

 Assim terminou o jogo. Portugal classificado e Holanda é eliminada de forma pifia, que nem o mais pesssimista torcedor Holandês esperava. No outro jogo do dia, a Alemanha cumpriu todas as expectativas e venceu a Dinamarca, se garantindo na liderança do grupo B

E assim se formaram os primeiros duelos das quartas de final da eurocopa, que serão:

República Tcheca x Portugal
Alemanha x Grécia

Equipe Futebol Report

16 de jun de 2012

Eurocopa: Rep. Tcheca e Grécia se classificam. Rússia fica de fora.


Rodada decisiva no grupo A. Polônia buscando a vitória para se classificar e a República Tcheca do mesmo jeito, só que com um empate poderia passar, mas dependendo de uma derrota da Grécia contra a Rússia.

Um primeiro tempo bem razoável entre Polônia e Rep. Tcheca. As duas seleções em busca do gol, mas também com receio de tomar um gol, que lhe deixaria em péssima posição no jogo, tendo que virar de qualquer forma. Polônia um pouco melhor na primeira etapa, jogando com muita disposição, aliada com a empolgação da torcida, conseguiu criar boas jogadas e saindo na cara do gol várias vezes, mas falhando muito na concretização, principalmente o Lewandowski que esteve abaixo de todas as expectativas. República Tcheca com um time melhor, mais lúcido e consciente, também chegou várias vezes a assustar o adversário, mas o goleiro Tyton esteve bem.

República Tcheca volta melhor no segundo tempo

A seleção tcheca, que é bastante superior a Polônia volta bem melhor na segunda etapa do jogo. Foi ao ataque, mas sem se descuidar da defesa, que foi bastante sólida o jogo inteiro e com jogadores ofensivos de boa técnica, como o Baros e o Pilar, destaque da seleção na primeira fase, conseguiram abrir 1x0 aos 26 minutos com Jiracek, após passe de Baros. Depois de tomar o gol, a Polônia se abriu. Foi ao ataque empurrada com a força da torcida, mas contava com um dia de pouca inspiração de seus melhores jogadores, que são Błaszczykowski e Lewandowski que pouco produziram e a única chance clara de gol do time polonês foi aos 49 minutos, que a zaga tcheca salvaria em cima da linha.

No outro jogo do grupo, um resultado que ninguém esperava. A Grécia que vinha de dois resultados ruins, contra a Rússia que foi a sensação da primeira rodada e que empatou com a Polônia na segunda. Mas no futebol, nem sempre o time de melhor técnica vence. Grécia com sua vontade, garra e determinação de sempre, conseguiram mais uma vez um grande resultado na eurocopa, como em 2004 quando foram campeões. Grécia 1x0 Rússia. Classificada em segundo lugar.

Situação final do grupo A: República Tcheca e Grécia, passam respectivamente em primeiro e segundo lugar quebrando qualquer prognóstico feito antes do torneio, principalmente por parte da Grécia, que sempre apronta uma das suas quando ninguém espera.

Equipe Futebol Report

Robinho de saída do Milan

Com sérios problemas financeiros, o Milan será obrigado a pelo menos a vender um jogador, e segundo o jornal "Corriere dello Sport", o Málaga está oferecendo 15 milhões de euros (R$ 39 milhões) por Robinho, e o clube de Milão pode aceitar a proposta do clube espanhol. De acordo com a publicação, Robinho já recusou uma proposta de renovação do Milan, o clube apresentou um vínculo até 2014, com salário anual de seis milhões de euros (R$ 15,6 milhões).


Já que o Milan rejeitou uma proposta milionária do PSG por Thiago Silva, o Robinho surge com esperança para o Milan equilibrar suas dividas. Caso Robinho acerte com o Málaga, será a segundo passagem do brasileiro pelo Campeonato Espanhol, ele atuou pelo Real Madrid de 2005–2008.

Equipe Futebol Report

Villas-Boas pode assumir o Tottenham

Com a saída do experiente Redknapp, o Tottenham já busca um nome para treinador. Várias especulações já estão rondando a Inglaterra e, o nome da vez é Villas-Boas. Segundo o jornal "Daily Mall" o treinador, ex-Chelsea, é o favorito da diretoria do clube inglês para o cargo.


O único problema estaria no fato de que, se a seleção de Portugal não fizer uma boa campanha na Eurocopa, Villas-Boas estaria cotado para assumir o país, logo após a competição. O que resta é aguardar a decisão.

Equipe Futebol Report

15 de jun de 2012

Copa do Brasil: Lucas decidi e São Paulo sai na frente do Coxa

São Paulo e Coritiba duelaram nesta quinta pela primeira partida da semi-final da Copa do Brasil. Jogo disputado e decidido, no final, pelo craque Lucas: 1 a 0 Tricolor. Apesar de passar quase a segunda etapa com um a menos, o time paulista conseguiu a vantagem para o jogo de volta, no Paraná.


A partida começou truncada com muito toque de bola. O Coritiba parecia estar em casa e gostou do jogo. Criava chances e finalizava. A armação do São Paulo não funcionava. O goleiro do Coxa foi trabalhar apenas aos 32 minutos. Em contrapartida, Dênis fez grandes defesas nos contra-ataques em velocidade do Coritiba. Resultado? Vaias no intervalo.

Irritado, Leão mexeu para o segundo tempo. Avançou mais o time. O problema é que o São Paulo continuou monótono e errando muito. A coisa piorou aos 13 minutos quando Paulo Miranda levantou demais o pé e acertou o adversário. Segundo amarelo e expulsão do zagueiro. O Coxa assustava e chegou a jogar uma bola no travessão.

Aos 26 minutos, a torcida tricolor começava a pedir "Raça" ao time, que melhorou. Luís Fabiano finalizava mais e o meio começou a armar e dar bons passes. Quando o 0 a 0 parecia encaminhado, apareceu a estrela de Lucas. Arrancou pelo meio, invadiu a área pelo lado direito e, em chute cruzado, venceu Vanderlei: 1 a 0 que permaneceu até o fim.

Equipe Futebol Report

Eurocopa: França e Inglaterra vencem e ficam bem no grupo D.



Ucrânia como uma das anfitriãs do torneio, tem sempre seu jogo muito aguardado por todos que acomopanham a eurocopa e como ganhou seu primeiro jogo, foi ao jogo ainda mais empolgada. França que empatou na partida de estréia, procurava uma vitória para não se complicar no grupo.

Logo no começo do jogo, o árbitro interrompeu o jogo por conta de uma forte chuva. Na volta dessa paralisação, o jogo voltou meio morno, devagar e truncado no meio. Ucrânia embalada com a empolgação da torcida, foi pra cima, mas que não conseguiram produzir muito na primeira parte do jogo. Sem jogadores de muita critividade, o time pecou bastante nas finalizações, só levando perigo ao gol do Lloris em apenas 1 de 7 chutes. França como sempre, com seu time bastante ofensivo, atacando pelos lados, principalmente com o craque Ribéry que é de onde sai a maioria das jogadas de ataque. Nasri apagado no primeiro tempo, pouco criou. Mas foi a França mesmo que teve as melhores oportunidades do primeiro tempo, aproveitando os vacilos da zaga ucraniana.

O segundo tempo foi de total dominio francês, quando a diferença técnica das duas seleções foi clara e evidente. A França voltou do intervalo com ainda mais vontade, logo foi pressionando e prendendo o time ucraniano em seu campo. Ucrânia sempre conseguindo suas melhores jogadas no talento individual de Shevchenko que foi o único que deu trabalho ao gol adversário no primeiro tempo e no segundo não foi diferente. Com a França tão em cima, já era certo que a seleção ucraniana não aguentaria a pressão e logo aos 6 minutos, Menez que foi novidade para este jogo, abriu o placar e aos 10, com extrema facilidade, Cabaye ampliou e deu números finais ao jogo. França continou atacando com relativa facilidade, mas claramente diminuiu o ritmo e a Ucrânia sem brilho e bastante abatida após os dois gols, nada conseguiu fazer.

Inglaterra e Suécia, um jogo cercado de equilibrio e importantissimo para os dois lados, já que nenhum dos dois venceram na primeira partida.

No primeiro tempo, a Suécia tentou atacar mais e até conseguiu criar boas jogadas, mas a pontaria não estava bem calibrada, mesmo o Ibrahimovic que faz uma função um pouco mais de armação na seleção e assim aparece mais no jogo, assim fazendo jogadas individuais e tentando a finalização de fora da área diversas vezes. O time inglês ainda sem Rooney, entrou com um centro-avante no jogo, o atacante Carrol que tem como principal arma o cabeceio, já que é bastante alto. Marcando bem a saida de jogo do adversário e fazendo seu jogo pelas pontas, como é de costume, principalmente pelo lado direito com o Milner que apareceu bastante no jogo. Foi por lá que saiu o primeiro gol do jogo, em bola cruzada, Carrol cabeceia pra abrir o placar.

Um segundo tempo muito movimentado, com as duas seleções jogando pra frente e buscando o gol, que logo saiu aos 4 minutos e foi o empate da Suécia, Melberg aproveitou a sobra na cobrança de falta de Ibrahimovic e fez. E não demorou muito para a virada, 10 minutos depois o mesmo Melberg aproveitou cruzamento de Larsson e virou o jogo. Os ingleses, com vários jogadores muito experientes não se abateram com a virada sueca. Continuaram jogando da mesma forma do primeiro tempo e não demorou muito para o empate. Walcott que acabava de entrar chuta de longe e o goleiro aceita, é o empate inglês. Inglaterra que empatou e cresceu no jogo novamente.

Walacott que entrou no lugar de Milner, aproveitou toda sua velocidade e habilidade para dar um trabalhão ao lado esquerdo da defesa sueca. Mas a Suécia não morreu no jogo, continou no ataque, mas com a mesma pontaria ruim. E mais uma vez Walcott em outra de suas jogadas pela direita, cruza para Wellbeck que faz um malabarismo e marca um golaço, aos 32 minutos do segundo tempo, gol que seria o da vitória Inglesa. 3 pontos fundamentais que elevaram a seleção Inglesa ao segundo lugar. E a Suécia está eliminada.

Equipe Futebol Report



14 de jun de 2012

Copa do Brasil: Palmeiras bate Grêmio fora e leva vantagem

No jogo que abriu as semi-finais da Copa do Brasil, o Palmeiras venceu o Grêmio no Olímpico por 2 a 0 e, em casa, pode perder por até 1 gol de diferença que está na final. Em jogo decidido no segundo tempo, Grêmio demorou a se encontrar e, quando isso aconteceu, já era tarde.


A partida começou movimentada mas com poucas chances. Víamos um primeiro tempo apático, com jogo truncado no meio de campo e poucas chances. O lance de maior perigo foi a cobrança de falta de Fernando, do Grêmio, na trave.

Na segunda etapa o Palmeiras voltou melhor. O time acordou e partiu para o ataque. O Grêmio, mesmo dentro de casa, conseguia se defender bem, criava poucas chances, não assustava. O tricolor gaúcho mudou até a dupla de ataque, o que não adiantou muito. Já o Verdão armava bem as jogadas com Assunção e Daniel Carvalho e chegava com perigo à partir dos 25 minutos.

Aos 41 minutos, Mazinho, que acabara de entrar, abriria o placar tocando na saída de Victor. O golpe final foi aos 45. Juninho cruza da direita e Barcos empurra de cabeça para sacramentar os 2 a 0 e levar belíssima vantagem para São Paulo.

Equipe Futebol Report

Eurocopa: Espanha dá show. Itália e Croácia empatam e deixa grupo aberto.




A Croácia depois de uma surpreendente atuação na estréia contra a Irlanda, foi para o jogo tentando se afirmar na competição e garantir sua vaga na segunda fase com uma vitória. Mas por outro lado tem a Itália, forte como sempre, mesmo após os escandâlos que houveram ao fim do campeonato Italiano.

Um jogo equilibrado, com os dois times jogando para a frente, mas também sem esquecer de se defender. A Itália com sua nova formação, com o trio defensivo que impressionou na partida de estréia contra a Espanha continou mostrando a mesma solidez do jogo anterior. Pirlo e Marshisio organizando o jogo, mas sem muito poder ofensivo, já que Balotelli não tem sido um jogador muito ativo no ataque Italiano, até sumindo em certos momentos do jogo.

Croácia com seu futebol de bom toque de bola no meio campo e tentando atacar pelos lados com o bom Perisic aberto na esquerda e dois bons atacantes dentro da área, mas não conseguiram criar muita coisa no primeiro tempo. Modric bem marcado, pouco fez. E as melhores chances do primeiro foram italianas, que só não saiu com 2 ou 3 gols por que o goleirão croata Pletikosa não deixou, que só não pôde fazer nada na belissima cobrança de falta do Pirlo, assim a Itália abria o placar.

Segundo tempo não muito diferente do primeiro, porém com mais ação ofensiva dos dois lados, principalmente pelo lado Croata que se viu na obrigação de empatar o jogo. E foi isso que fizeram, dominaram a Itália o segundo tempo inteiro, tiveram mais oportunidades de gol, o Modric apareceu mais no jogo e por isso facilitou que o time croata chegasse ao empate com o artilheiro Mandzukic. Após o gol, a Itália que já não tinha mostrado tanto poder ofensivo no primeiro tempo, continuou jogando da mesma forma tentando arremates de longe, já que não conseguia penetrar na área adversária. A Croácia só fez administrar o bom resultado que conseguiu e assim terminou o jogo.


Espanha e Irlanda, talvez seja o jogo com maior disparidade técnica entre uma seleção e outra. Espanha que empatou no primeiro jogo, procurando a primeira vitória no torneio e a Irlanda que vinha de uma derrota para a Croácia, procurava tirar ponto da Espanha.

Irlanda começou bem fechadinha, como é a cara de seu técnico. Mas o ferrolho irlandês logo foi vazado aos 4 minutos com Fernando Torres, que a maioria dos espanhóis pediam, fez o primeiro gol.
Depois de abrir o placar logo no começo, todo mundo esperava que a Espanha fizesse mais gols ainda no primeiro tempo, não fizeram, mas não foi por falta de tentativa. O goleirão Given salvou a seleçao Irlandesa de sair do primeiro tempo já goleado. Muitas chances criadas pela Espanha que fazia seu jogo de posse de bola, com cautela na troca de passes, sem arriscar muito, mas sempre achando alguém livre na cara do gol.

Segundo tempo ainda mais fácil para a Espanha. Logo aos 4 minutos de jogo, David Silva com muita categoria amplia o placar para a Espanha. Depois de ampliar o placar, a Irlanda que já não tinha poder para atacar a Espanha, ficou ainda mais impotente perante o dominio absoluto do adversário, até tentaram diminuir, mas sem sucesso, não conseguiram nem assustar o Casillas. Aos 26 minutos, Fernando Torres recebe boa bola e não perde a oportunidade, assim mostrando que sua má fase já foi embora. E aos 37, Fábregas que acabava de entrar acerta um chutaço cruzado fecha o placar.  Final de jogo. Exibição de gala da Fúria.

Equipe Futebol Report

Libertadores: Corinthians bate Santos e luta por empate

No clássico brasileiro, que abriu as semi-finais da Libertadores 2012, deu Timão. O Corinthians bateu o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, e agora luta por um empate em casa, com o apoio da torcida. Com futebol irreconhecível e Neymar e Ganso apagados, Santos busca agora a reviravolta no Pacaembu.


O Corinthians começou a partida partindo para cima. Com 4 homens chegando na frente, o time criava boas chances. Do outro lado, Neymar não conseguia resolver com suas jogadas e Ganso errava muito (totalmente fora dos 100% após cirurgia). Foi fatal. Aos 27 minutos, Emerson recebeu a bola na área e com maestria colocou a bola no ângulo de Rafael, sem chances de defesas: 1 a 0 Timão.

Na segunda etapa o Peixe voltou com Borges e mais ofensivo. Criava chances mas não empatava. Autor de várias faltas, Neymar foi derrubado por Emerson que, já tinha cartão amarelo, e foi expulso pelo árbitro. Jogo esquentou e Santos foi para cima. A luz acabou na Vila Belmiro. Tempo para esfriar a partida.

Após 18 minutos de paralisação, a bola voltou a rolar. O Santos esfriou e parou de criar. O Corinthians, apenas se defendendo, não teve muito trabalho. Fim de partida e vantagem do Corinthians no clássico brasileiro e paulista na Libertadores 2012.

Equipe Futebol Report

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India