26 de dez de 2011

Entrevista: Alberto Rodrigues

Completando 2 meses de blog, nós da equipe Futebol Report, tivemos a oportunidade e a graça de fazer uma entrevista com "O Mais Vibrante", Alberto Rodrigues, narrador renomado da Itatiaia conhecido em todo Brasil. Queríamos agradecer a todo o apoio dado ao nosso blog e a ajuda!


Futebol Report: Quando e como você começou sua carreira jornalística?
Alberto Rodrigues: Eu sempre gosto de falar que minha carreira começou ainda criança, com meus 10, 11 anos de idade, quando tinha os meus times de botão, fazia meus campeonatos e jogava com meus amiguinhos, na cidade de Araxá. Foi dali, que escutando as rádios do Rio e São Paulo e seus locutores esportivos, comecei o interesse pelo rádio. Aos 16 anos entrei na rádio Imbiara de Araxá e lá fizemos uma equipe que transmitia os jogos amadores da cidade. Vim para BH em fins de 59, onde comecei minha carreira na Rádio Minas, em 61, de lá para a Itatiaia, em 63 até 66, depois Rádio Inconfidência, até 77, voltando a Itatiaia, antes passando pela rádio Jornal de Minas, hoje Rádio América. As dificuldades da época eram muitas, principalmente na parte tecnológica, mas a vontade era tanta, que conseguíamos superar, pois estava fazendo aquilo que eu mais queria.

FR: Qual o jogo mais emocionante que você já narrou? E o que mais te decepcionou?
AR: Os títulos de copa do Brasil, principalmente de 2000, que foi muito emocionante. Toninho Cerezo nos salvou de um rebaixamento na década de 1980. Mas falando de dias mais recentes, o ano de 2003 foi muito importante para o Cruzeiro, tínhamos Alex e um time muito entrosado. Saudade desses dias. A goleada de 6×2 do Cruzeiro sobre o Santos, durante a Taça do Brasil, em 1965 também marcou muito. Foi um show de Dirceu Lopes, Tostão e Cia. A decepção, mais recentemente, 2011 que não foi um bom ano para o Cruzeiro e também o título da Libertadores que deixamos escapar, contra o Estudiantes.

FR: Quais locutores / comentaristas de futebol você mais admira? Por que?
AR: Meus companheiros de trabalho, citados na resposta abaixo. Porque vejo no dia-a-dia o trabalho de cada um deles, o empenho e a competência.

FR: Como é trabalhar numa rádio do porte da Itatiaia?
AR: Acho a equipe da Rádio Itatiaia muito boa, lá passaram profissionais excelentes como Osvaldo Faria, Pingüim, Paulo Rodrigues, Paulo Roberto Pinto Coelho, Dirceu Pereira, Fernando Sasso e tantos outros. Hoje, temos ainda uma equipe homogênea, comandada pelo Emanuel Carneiro, com profissionais de gabarito, como Maurílio Costa, Roberto Abras, Artur Morais, Milton Naves, Mário Caixa e os mais jovens, Ênio Lima, Bruno Azevedo, Emerson Romano, Thiago Reis e tantos outros, como comentaristas Júnior Brasil e Lélio Gustavo.

FR: Por que o apelido de "O Mais Vibrante"?
AR: Estava no carro da equipe Itatiaia, a caminho do Rio de janeiro, para transmitir o amistoso entre Fluminense e Cruzeiro, em 1963, quando Osvaldo Faria disse que eu seria o ‘mais vibrante’, porque eu narrava com rapidez. Comigo no carro, além do Osvaldo estavam Kafunga e Paulo Roberto.

FR: Qual o melhor jogador de todos os tempos para você?
AR: Para mim o melhor de todos foi Pelé, em Minas foi Tostão e hoje, Messi.

FR: E este ano: Messi, Cristiano Ronaldo ou Neymar?
AR: Messi, sem dúvida! Neymar precisa crescer muito ainda e Cristiano Ronaldo deveria apresentar mais humildade.

FR: Se candidatando à presidente do Cruzeiro, quais eram suas pretensões?
AR: Buscava cada dia mais o fortalecimento do Cruzeiro e a valorização da marca. O plano de gestão trazia como foco principal o futebol profissional, com o fim do modelo exportador. Desejava ter um time de ponta, buscando títulos. Gostaria de incentivar e valorizar a base, revelando novos valores. Fortalecer os esportes especializados, especialmente o vôlei e atletismo. Valorizar o Conselho Deliberativo, dando-lhe voz e vez, através de comitês e contato direto, individual e coletivo. Tentaria implementar um novo programa de sócio torcedor alavancando a participação e contribuição maciça dos mesmos. A meta era de 100.000 sócios até 2014. A construção de um memorial, melhorias constantes nas Tocas I e II e solução definitiva para a Campestre II também são metas viáveis. O desenvolvimento do quadro de colaboradores, em todas as áreas, garantiria mais eficiência e eficácia. Buscar também o equilíbrio financeiro do clube, implantando o projeto de franquia de lojas e escolinhas, aumentando receitas. Ver a possibilidade de uma revitalização e modernização dos clubes sociais, promovendo o rejuvenescimento e conquista de novos sócios.

FR: Como você encarou o resultado das eleições presidenciais no Cruzeiro?
AR: Estava confiante de que poderíamos fazer um bom trabalho, mas já sabia que seria difícil vencer a chapa da situação.

FR: Deixe um recado para os leitores do nosso blog:
AR: Gostaria de deixar aos leitores do Blog Futebol Report o meu mais sincero agradecimento pela atenção e carinho. Deixo também a certeza de que tudo farei pelo Cruzeiro, hoje e sempre. Como locutor esportivo e representante da China Azul, não medirei esforços para que o clube celeste seja ainda mais uma referência positiva no Brasil e no mundo, dentro e também fora de campo. Abraços a todos.

FR: Obrigado por todo o apoio! Que Deus te ilumine sempre e que 2012 seja majestoso tanto profissionalmente como pessoalmente!
AR: Eu que agradeço!

Equipe Futebol Report
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India